Devemos admitir, nada como um contorno perfeito para uma make incrível. A questão é: como fazê-lo?

Diferente da corrente busca do delineado perfeito e das dicas para um belo contorno de boca, a tendência de fazer contorno na pele é recente e ainda desconhecida (e perigosa) para muitos.

Pensando exatamente nessa questão é que separamos dicas de como fazer o contorno perfeito e arrasar na make tanto durante o dia, quanto durante a noite.

5 tipos de contorno para qualquer hora do dia!

Antes de falarmos sobre tipos de contorno, vamos conversar sobre a necessidade dele. O contorno serve para destacar pontos importantes do nosso rosto o iluminando e fazendo correções para o rosto ficar mega perfeito. É importante lembrar que cada formato de rosto se adapta com um tipo de contorno diferente. Vamos conferir?

1. Rostos Ovais:

01

Se o formato do seu rosto é oval, amiga comece a ficar feliz porque, segundo os maquiadores, esse é realmente o rosto mais fácil de atingir o contorno perfeito, já que não há necessidade de muitos truques para finalizá-lo. Como possuem linhas arrendondadas, a função do contorno nesse rosto é basicamente demarcar e iluminar, precisando, por isso, de somente um tom de corretivo (se você gosta de contornos mais marcados, use dois tons acima da sua cor. Se prefere menos marcado, usar apenar um tom acima) e de iluminador. E aí, vamos ao passo a passo?

Com o corretivo: demarque a região das maçãs do rosto com um traço de cima para baixo (da orelha até o meio da bochecha) e depois puxando para dentro. É importante lembrar que, ao passarmos a esponja ou o pincel, ou movimentos precisam ser de fora para dentro.

Com o iluminador: Só será necessário iluminar quatro regiões do rosto. Na região central da testa, proporcionando a demarcação do eixo central da face, a região abaixo dos olhos destacando assim o olhar e dando mais brilho ao rosto, no ossinho central do nariz equilibrando, assim, a geometria do rosto e, por fim, no meio do queixo, delimitando o rosto e proporcionando a iluminação perfeita para a boca.

2. Rosto quadrado:

2

Diferente do rosto oval, o rosto quadrado depende mais do corretivo que do iluminador, já que pessoas com essa fisionomia possuem o rosto mais largo e o queixo mais marcado. Para esse tipo de rosto precisamos trabalhar a suavização e quebrar um pouco desse quadrado que ele demonstra. Para fazer esse contorno precisamos de um corretivo um pouco mais escuro que seu rosto e do iluminador, vamos às dicas?

Com o corretivo: para o contorno ficar perfeito, é preciso passar o corretivo nos quatro extremos do rosto (tanto da região da testa, quanto das bochechas) e espalhá-lo de dentro para fora). É importante lembrar que essa marcação serve para suavizar o rosto, ou seja, não pode deixar muito marcado, o tom natural do efeito deve ser priorizado.

Com o iluminador: neste caso, o iluminador será utilizado para marcar a região central de todo o rosto, por isso, este deve ser passado na região central da testa demarcando o centro dos olhos, no ossinho do nariz e abaixo da boca, centralizando assim os pontos principais e equilibrando a make para ficar bem geométrica.

3. Rosto triangular:

3

O nome deste tipo de rosto já demonstra o que precisamos ajustar, por ser triangular, é necessário somente suavizar o rosto o levando a iluminar-se nos lados. Fazer o contorno desse rosto é fácil também porque só precisaremos usar (e abusar) do iluminador.

Com o iluminador: é necessário usarmos o iluminador nas regiões de extremidade, descendo o traço da região da testa até o queixo, exaltando as bochechas e também o queixo.

4. Rosto em formato de coração:

4

O rosto com formato de coração, também conhecido como triângulo invertido, é muito parecido com o rosto quadrado na hora de trabalharmos o contorno. É necessário trabalharmos o alongamento do mesmo e também a suavização dos extremos do rosto. Para isso vamos precisar do iluminador e do corretivo e dar prioridade a “zona T”.

Com o corretivo: para aplicação do corretivo, como dito anteriormente, precisamos dar prioridade aos extremos da testa e da região das bochechas. A aplicação deve ser feita de fora para dentro e devemos tomar cuidado para não deixar marquinhas indesejadas na pontinha do rosto.

Com o iluminador: marcaremos exatamente a região central do rosto. O meio da testa, o ossinho do nariz e o centro do queixo.

5. Rosto redondo:

5

O maior problema do rosto arredondado é não possuir nenhum ângulo muito definido, sendo essa, portanto, nossa maior prioridade: marcar e afinar. Para fazermos esse contorno precisaremos investir (e abusar) do corretivo, assim como do iluminador. Vamos ao passo a passo:

Com o corretivo: é necessário que toda a lateral do rosto seja escurecida, desde a testa até o fim do rosto. Todo o corretivo deve ser espalhado de forma suavizada e esfumada.

Com o iluminador: quanto ao iluminador, precisamos investir em alongar, para isso, demarcamos a região central do rosto utilizando os mesmos pontos (centro da testa, ossinho do nariz e região central do queixo).

Quer conhecer mais dicas? Clique aqui!

Conheça nossos produtos. Clique aqui!